Please reload

Posts Recentes

Uma fábrica de gaiteiros

October 16, 2017

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Nosso primeiro entrevistado - Waldir Teixeira

July 14, 2017

 

 

Foi uma volta às minhas origens de estudante, entrar novamente na escola Som Maior pra encontrar o professor Waldir Teixeira. Acordeonista, pianista, maestro, professor e compositor, o professor Waldir, como me acostumei a chamá-lo desde que o conheci por volta de 2005. 

 

Na escola, que ele fundou em 1987, quadros na parede com os diversos diplomas e homenagens recebidas ao longo dos seus 82 anos de vida musical. No canto da sala de entrada um armário de vidro onde repousam mais fotos, troféus e homenagens. É nessa sala que o professor nos recebe para nossa primeira entrevista do projeto Acordeom Brasileiro.

 

 

 

Enquanto preparamos nosso equipamento para a filmagem, o professor me atualiza sobre os últimos acontecimentos da sua vida musical. Entre eles uma página de um portal de notícias da cidade de São Luiz no Maranhão. A reportagem é sobre o Dia Nacional do Choro e fala de uma apresentação da Escola de Música do estado do Maranhão, órgão da Secretaria de Estado da Cultural. No repertório da apresentação “composições clássicas de grandes nomes do choro, Jacob do Bandolim, Pixinguinha, Chiquinha Gonzaga, Ernesto Nazareth, Garoto, Villa Lobos, Altamiro Carrilho, Zequinha de Abreu, Waldir Teixeira, entre muitos outros gênios brasileiros”. A palavra gênio foi grifada e ele mostra satisfeito que seu nome figura entre grandes nomes da música brasileira. Homenagem mais do que merecida!

 

Me mostra também um programa de um concerto na França onde o saxofonista Rodrigo Capistrano tocou a sua composição “O Saxophone do Pedrinho Mary”.

 

 

Com mais de 200 choros compostos Waldir é um dos principais autores do choro curitibano. Em 2012 figurou ao lado de grandes chorões da cidade no “Songbook do Choro Curitibano” editado e organizado pelo pesquisador Tiago Portella.

 

Fico curiosa e pergunto, durante nossa conversa, o que o motivou a escrever tantos choros?

Ele me responde: “tocando e depois acompanhando alguns músicos que tocavam saxofone, mas que tocavam chorinho. E foi despertando aquele gosto pelo chorinho. Aí acompanhei uma época o famoso Abel Ferreira. Então tentei começar a compor chorinhos e vi que tinha uma certa facilidade para aquele trabalho ali. De tanto que a gente foi tocando aquilo foi gostando porque era uma música que tinha, a gente podia criar muita coisa, temas, que às vezes em outras músicas não tinha esse recurso”.

 

Waldir trabalhou na rádio Caxias do Sul/RS e na rádio Diário da Manhã em Lages/SC antes de morar em Curitiba. Aqui tocou no regional e acompanhou cantores nas rádios PRB2 e Guairacá. Me conta que nessa época os músicos tinham muito trabalho. Além de trabalhar nas rádios durante o dia ele tocava em clubes durante a noite. Ele me conta que “às vezes trabalhava em duas casas noturnas, quando era perto tocava meia hora em uma casa depois meia hora na outra. Enquanto isso os outros tocavam. Era um trabalho contínuo”.

 

Falamos ainda sobre seu trabalho como músico na banda da Aeronáutica, sobre o método para acordeom que fez junto com Adelar Bertussi e sobre a atual situação da música no Brasil.

 

Ao final da entrevista agradecemos sua acolhida e por compartilhar conosco todas as suas histórias. Ele nos retribui dizendo “eu só tenho que agradecer muito por essa oportunidade. Falar daquilo que a gente gosta, daquilo que a gente levou a vida inteira. Quem dera se pudesse repetir sempre isso”.

 

 

Waldir Teixeira é maestro, compositor, professor, acordeonista e pianista. Acadêmico Benemérito da Academia de Cultura de Curitiba. Recebeu em 2002 o título de cidadão emérito de São Francisco de Paula/RS sua cidade natal. Trabalhou nas rádios PRB2 e Guairacá onde acompanhou nomes como: Elza Soares, Cauby Peixoto, Doris Monteiro, Abel Ferreira, entre outros. Gravou em 1999 o CD Chorinhos em Nova Concepção recebendo o prêmio de melhor arranjo do ano. Tem mais de 300 composições registradas, entre elas 200 choros. Atualmente é diretor do Conservatório Musical Som Maior.

 

 

Leia a entrevista na íntegra no livro “Acordeom Brasileiro” com lançamento previsto para Dezembro/2017

 

Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square
Projeto realizado com o Apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura - Fundação Cultural de Curitiba
e da Prefeitura Municipal de Curitiba